Sobre os Cu00edrculos Holu00edsticos

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Lançada durante o l Congresso Holístico Internacional, em 1.987, esta inteligente e contagiante idéia prática já se estendeu para diversas cidades do Brasil e muitos outros países. Dentro da concepção de rede, como pacto informal de amizade evolutiva e sintonia de propósito e estado de consciência, os Círculos Holísticos são grupos, formados espontaneamente, de aproximadamente doze pessoas com diferentes formações e ocupações, que se encontram periodicamente, com estrutura de funcionamento autônomo, para:

  • exercitar a transdisciplinaridade,   focalizando temas especiais de interesse comum;

  • estudar a abordagem holística através de bibliografia - a Holos Brasil, sediada na Fundação Cidade da Paz, se solicitada, a indicará - e de experimentação: holologia;

  • experienciar vias tradicionais e autênticas de condução à visão holistica - como Yoga, Tai-Chi, Zen, Contemplação, Meditação... : holopráxis;

  • promover encontros transdisciplinares em escolas, universidades e organizações;

  • refletir    sobre    textos    sapienciais    das    tradições    de    sabedoria,    focalizando    a    sua complementaridade com os das ciências de vanguarda;

  • promover encontros centrados na paz interior e coletiva;                                   

  • refletir sobre os grandes problemas contemporâneos e suas possíveis soluções, bem como a forma de irradiar uma consciência mais integrada e holística no cotidiano;

  • atuar como núcleos nutritivos de apoio para os que buscam novas respostas para novas perguntas;

  • atuar como matriz uterina para o aprendizado de um novo código humano que revincule o saber ao amor, à compaixão e ao serviço;

  • celebrar a Vida e o Encontro

Para os Aprendizes da Formação Holística, os Círculos representam o espaço de transmissão do aprendizado. Aqui aplica-se a regra de que aprendemos ensinando e ensinamos aprendendo É também o tempo do Serviço à comunidade pois o bem maior que o ser humano pode facultar é facilitar ao outro conhecer-se a si mesmo e, a partir desse auto-desvelar-se, evoluir rumo ao seu completo florescimento.

Para esse empreendimento, podem ser úteis as sugestões seguintes:

 

NÃO É PRECISO ESTAR PRONTO! Inicie agora com o que você sabe, que é nem mais, nem menos. Inicie com familiares, colegas, amigos. Inicie lendo textos, convidando Aprendizes mais antigos no Caminho, assistindo vídeos, compartilhando perplexidades, com simplicidade e boa vontade. Agora, INICIE!

UTILIZE O SEU POTENCIAL DE LIDERANÇA; coordene o Círculo como uma tarefa da FHB. Manter a tocha acesa não será fácil e o lidar com as crises e a tendência à inércia do grupo poderá ser uma imensa fonte de aprendizagem e crescimento. Conheça o líder que você é e comece JÁ!

RESISTA À TENTAÇÃO DE FAZER UM CÍRCULO SÓ DE APRENDIZES, excluindo, assim, a comunidade dos não-iniciados onde a sua contribuição é muito mais necessária. Limite-se ao número de um a três Aprendizes em cada Circulo de aproximadamente doze pessoas.

INCLUA A DIVERSIDADE, convidando pessoas de formações e atuações diferentes, estudiosos, cientistas, artistas, religiosos, empresários, cozinheiros, políticos, operários, donas de casa, analistas de sistemas, etc, para que a transdisciplinaridade possa ser exercitada

PARTICIPE DE ALGUNS ENCONTROS DE CÍRCULOS JÁ EXISTENTES, para aquecer a sua motivação e audácia e, posteriormente, mantenha no seu próprio Círculo sempre uma cadeira vazia para participantes de outros Círculos, com esta fecundação inter-Círculos a criatividade é ampliada e a dinâmica grupai intensificada.

 

A proposta do Círculo Holístico vem ao encontro da necessidade de intercâmbio e apoio entre os mutantes da consciência neste momento crítico de mudança paradigmática global e de renovação dos conceitos, valores e atitudes fundamentais da espécie humana.

Categoria: UNIPAZ-CE

Ítens Relacionados

Temos 109 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
10052052