Artigos de Yoga

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

A POLÊMICA CONFEF

(Veja seu histórico)

No Rio de Janeiro

1. Em caso de fiscalização por parte do CONFEF, exijam o papel do mandato assinado pelo Juiz, caso não o apresentem, NÃO permita a entrada do fiscal.

2. NÃO TEMA AMEAÇAS!

3. Não aceite ameaças, defenda o Direito de Cidadão que a constituição lhe faculta!

4. Em caso de dúvidas, procure a Associação Brasileira de Professores de Yoga no Rio de Janeiro - Tel.: (21) 234-4285.

 

CARTA DO PROF. HERMÓGENES SOBRE A PRETENDIDA, REDUÇÃO DO YOGA ETERNO À MODERNA EDUCAÇÃO FÍSICA

 

A CONYB (Confederação Nacional de Yoga do Brasil) convocou um II ENCONTRO PEDAGÓGICO no Rio (dias 20 a 22 de abril de 2001). Devendo estar ausente em corpo, pretendi estar presente no que penso do IHOCEP (Instituto Holopráxico de Consultoria, Ensino e Pesquisa), órgão da CONYB, o qual, visando a legalização e regulamentação do magistério do Yoga no Brasil, solicitara convênio e apadrinhamento ao CONFEF (Conselho Federal de Educação Física), escrevi, para ser lida, a carta abaixo transcrevo.

 

Rio, 18 de abril de 2001

Prof. Hermógenes

 

Sra. Prof. MARIA HELENA SHMIDT, Exma. Presidente da CONYB.

 

Impossibilitado de comparecer ao nosso "Segundo Encontro Pedagógico", na qualidade de "Presidente de Honra" da CONYB, pedi ao Prof. Humberto que leia ao plenário meu ponto de vista sobre a relação IHOCEP-CONFEF. Não poderia me omitir.

No "Encontro" anterior também enviei uma carta, mas, não sei quem, exercendo arbitrariamente o poder de sensor, evitou que fosse lida. Pratiquei ahimsa, isto é, não reclamei e não protestei, até hoje. Espero que não se repita. Eis por que mencionei minha qualidade de "Presidente de Honra".

Serei breve ao declarar minha estranheza diante do slogam - "Mexeu e não está doente é com a gente", emitido pela CONFEF. Incontáveis indivíduos que se mexiam, mas realmente estavam doentes, se recuperaram com Yogaterapia.

Que entende desta ciência? A CONFEF?! Repudio o esforço do IHOCEP para nos levar a uma espúria submissão ao CONFEF. Como subordinar todo vasto sistema de educação, que é o Yoga milenar a uma educação somente "física" e criada há tão pouco tempo? Se o H da sigla IHOTEP significa mesmo holístico, como os mentores desta proposta de submissão da educação mais primorosa, vetusta e verdadeiramente holística, que é o Yoga, à uma educação somente física.

 Não aceito tamanha contradição. Nunca ninguém poderá provar que treinamento físico seja o mesmo que holístico. Os que não entendem assim estão a tentar raciocínios sobre falsas razões. Repudio a repressão, aliás, ilegal, que profissionais do CONFEF, com a plena aprovação de elementos do IHOCEP (de colegas nossos!), vêm exercendo nas salas-de-aula de professores de Yoga, no exercício profissional. Repudio as ameaças de penalidades judiciais, com que o IHOCEP, abusivamente e ilegalmente, vem ameaçando os que não se renderam ao CONFEF.

Não vejo como aprovar os sofismas jurídicos manipulados pelo IHOCEP e pelo CONFEF para concluir que uma lei que regulamenta tão somente a atividade do professor de Educação Física, e o faz com precisão, seja válida também para nós, professores de Yoga. Educação Física e Desportos são Yoga? Como responderiam esta pergunta os verdadeiros Yogis - Patanjali, Vyasa, Ramakrishna, Yogananda, Vivekananda, Aurobindo, Ramana, Madre Teresa de Calcutá, São João da Cruz, Santa Teresa de Ávila, São Francisco, Jesus Cristo ...

 Que um profissional de Educação Física, por nada saber de Yoga ainda insista em que Yoga é Esporte ou Atividade Física, vá lá, mas alguém que ensina Yoga, não. Também não posso aceitar que pessoas, que se fazem passar por professores de Yoga, transformem seu magistério em negócio, chafurdice erótica, e outras aberrações. A CONYB, as federações e associações precisam se unir para a defesa do Yoga e caminhar para um Conselho nacional.

Por último, lamento que o último Boletim da CONYB tenha publicado acusações contra a colega Marilda Veloso, na qual tenho reconhecido uma incansável lutadora para levar o Yoga para além de sua fase pré-científica no Brasil, fase que nos fragiliza e permite mal-entendidos como o atual. Onde está ahimsa?

As acusações que foram publicadas, referentes à eleição da nova diretoria, no dia 20 de outubro de 1988, eu, que estava presente, afirmo, perante Deus, foram inverídicas, portanto, injustas. Onde anda satya? É profundamente lamentável que tal aconteça. Defendo Marilda como viria a defender outras pessoas que amo há muito tempo, tais como Neuza Veríssimo, Maria Helena Shmidt, Dagmar krebs, Celeste Castilhos, Mário Shimada, Marcus Rojo, Glória Arieira, Paulo Murilo, enfim todos os antigos companheiros que praticam o verdadeiro Yoga e merecedores de admiração e amor.

Um apelo: resistamos à submissão do Yoga; cultivemos principalmente satya, ahimsa e esforcemo-nos por nossa união; e mais que tudo, estudemos e pratiquemos o Yoga da milenar tradição.

 Agradeço pela atenção. Que Deus toque todos os corações de todos os participantes, de forma que este encontro seja realmente democrático, esclarecedor e contribua para a harmonia, a paz e principalmente para nossa independência profissional. Peço que vejam neste meu pronunciamento uma definição em prol da sobrevivência e da dignidade do Yoga e meu apelo em favor de ahimsa, satya e prema.

 

NAMASTÊ

 

Academia Hermógenes

Hatha Yoga Clássico

Situada à Rua Uruguaiana, 118 - Cobertura

Rio de Janeiro - RJ

Categoria: Artigos de Yoga

Temos 70 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
9882035