Artigos de Yoga

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

(-)

(Svami Dattatreya Maharaj)

 

Swami Dattatray Maharaj foi o encarregado do Vishwayatan Yogashram, em Nova Delhi, um dos cinco centros de estudo e formação de Yoga na Índia criados por Maharishi Kartikeya, o grande mestre tântrico. Recebeu diretamente do Maharishi os ensinamentos de Dakshina Tantra Yoga.

DattatreyaEle mesmo contava que, ao nascer, sua mãe decidiu colocar-lhe um outro nome diferente de Dattatreya. Imediatamente ele começou a chorar e não parou mais. Seus pais o levaram a diversos médicos, mas nenhum foi capaz de fazer com que o recém-nascido parasse de chorar. Sendo os pais bhramanes, começaram a orar para que o filho parasse de chorar.

Então, a mãe dele recebeu em sonho uma mensagem de que o filho deveria se chamar Dattatreya, o nome de um rishi, um grande sábio e vidente. A mãe no dia seguinte mudou seu nome e imediatamente a criança parou de chorar.

Quando tinha sete anos, seus pais deixaram a casa por sete dias para participarem de uma comemoração em outra cidade. Quando retornaram, os empregados lhes disseram que Dattatreya não havia comido nem bebido nada e que havia ficado meditando durante todo o período de ausência deles.

Os pais então, preocupados com o estranho comportamento do filho, procuraram o grande santo Maharishi Kartikeya, para que ele pudesse orientá-los sobre como proceder em relação ao filho. Maharishi disse que ele deveria receber educação no ashram e a partir de então Dattatreya passou a viver sobre a orientação direta do grande santo.

Ao tomar os votos de swami, de monge, Dattatreya manteve o nome de nascimento, fato incomum para a tradição indiana, quando o iniciado recebe um novo nome, simbolizando o renascimento a partir daquele momento. A respeito disso o próprio Dattatreya comentava rindo que Maharishi ficou com receio de que ele voltasse a chorar sem parar, como aconteceu quando recém-nascido.

Dotado de grande conhecimento, era também uma pessoa simples, simpática e alegre. Sendo um Parivajra Kaha Sanyasi, uma pessoa que renunciou a todos os bens materiais do mundo, abandonou o ashram e foi viver nos Himalaias, em Badrinath, de onde saía em peregrinação para ensinar.

Deixou como seu sucessor nas Américas, Paulo Murilo Rosas, a quem acompanhou de perto durante seu processo de aprendizagem.
 

Categoria: Mini-Biografias