A Rede Holopráxis

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

 

Manifesto Sobre a Liberdade e o Compromisso

Carlos Aveline

Vemos que não se pode fazer tudo ao mesmo tempo, e que a etapa inicial do  projeto holopráxis deve dar lugar a uma etapa posterior, com algumas definições  mais claras. Sabemos que tomar decisões sempre implica fazer renúncias.

Na questão do trabalho altruísta, há um ponto de encontro da liberdade pessoal  com o compromisso pessoal. Cada um deve fazer sua própria equação química e  alquímica no que tange à combinação   correta de  liberdade e compromisso.

As pessoas devem ter a oportunidade de assumir um compromisso  com um trabalho altruísta e também a liberdade de assumir mil  outros compromissos em sua vida. O  COMPROMISSO com seu próprio autoconhecimento espiritual e profundo  pode ser asfixiado ou combinar-se  harmoniosamente com  sua LIBERDADE de passear com o cachorro, ver aquele bom filme, namorar, viajar, colecionar  selos, cuidar dos filhos e netos, fazer um lanche extra batendo papo com amigos.

E  o  COMPROMISSO com o passeio do cachorro, o filme na televisão, a obrigação profissional, etc, pode prejudicar ou combinar-se harmoniosamente com a  imensa LIBERDADE interior de meditar no universo,  de buscar a paz que mora no coração, de encontrar a presença divina e a bênção incondicional.

Essa última liberdade  assusta a mais de um. E Erich Fromm escreveu um livro indispensável intitulado "O Medo à Liberdade". Pode ser que em parte nós nos agarremos  às coisas pequenas da vida por medo do silêncio e da liberdade interior. Talvez fiquemos com os compromissos pequenos e externos para fugir dos compromissos grandes e internos com nosso próprio crescimento. O compromisso e a liberdade interior andam lado a lado. Cada um deles terá maior ou menor peso segundo o temperamento de cada um. Ambos são fundamentais.

Nesse contexto, o projeto holopráxis também tem que ter várias camadas de compromisso e de liberdade, para que todos possam sentir-se bem. Tomar decisões sempre vai implicar aceitar limites e renunciar a possibilidades que não serão desenvolvidas. Este é  um preço menor por abrir novos horizontes sempre maiores e mais amplos em nossas vidas.

O holopráxis quer começar pequeno para poder ir pensando essas coisas. Perguntar-se é mais importante que ter respostas prontas. Mesmo assim, devemos produzir algumas definições nos próximos, digamos, 10 dias.  Até lá, aguardamos sugestões e testemunhos de todos. Por exemplo, sobre a questão do compromisso com liberdade e vice-versa.  E, como diz Roberto Crema, EM MARCHA!

 


 

 

Categoria: Holopráxis

Ítens Relacionados

Temos 39 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
9887757