Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

 

AS PLÊIADES, O CINTURÃO DE FÓTONS E O NOSSO SISTEMA SOLAR

Os astrônomos Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos, concluíram que o nosso Sistema Solar gira em torno de Alcyone, estrela central da constelação de Plêiades. Nosso Sol seria, portanto, a oitava estrela da constelação (localizada a aproximadamente 28 graus da constelação de Touro), e levaria 25.860 anos para completar uma órbita ao redor de Alcyone. Alcione seria o nosso “Grande Sol Central”. Detectado pela primeira vez em 1961, através de satélites, descobriu-se que Alcyone tem à sua volta um gigantesco anel, ou disco de radiação, em posição transversal ao plano das órbitas de seus sistemas (incluindo o nosso), que foi chamado de Cinturão de Fótons (partículas de luz).

Durante os 25.860 anos em que o nosso Sistema Solar completa a sua órbita em torno do Sol Central de Alcyone, a Terra passa duas vezes pelo Cinturão de Fótons gerando dois períodos de treva (de 10.930 anos cada um) e dois períodos de luz (de 2.000 anos cada). Essa procissão cíclica em sentido anti-horário, como ensina a civilização Maia, é o período de um ciclo galáctico. A divisão desta órbita (25.860 anos) por doze resulta em 2.155, tempo de duração de cada Era do Zodíaco. A última vez que a Terra passou pelo Cinturão de Fótons foi durante a Era de Leão, há cerca de doze mil anos. Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos dentro deste disco de radiação.

Outra maneira de ver esse fenômeno seria: numa órbita completa, temos aproximadamente cinco sextos de trevas e aproximadamente um sexto de luz, ou uma proporção de 5:1, com predominância das trevas. Desde 1972 o Sistema Solar vem entrando no cinturão de fótons e desde 1998 o Sol e a metade do Sistema Solar já estão dentro dele. A Terra começou a penetrá-lo em 1987, em 2003 a Terra esteve 30% a 40% do ano dentro do cinturão de fótons e, até 2.012, vai estar totalmente imersa em sua luz. De acordo com as cosmologias maia e asteca, 2.012 é o final de um ciclo de 104 mil anos, composto de quatro grandes ciclos maias de 26 mil anos.

Todas as moléculas e átomos de nosso planeta estão passando por uma transformação sob a influência dos fótons, precisando se readaptar a novos parâmetros. A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura, que não produz sombra ou escuridão. Talvez por isso as profecias chamem de "Era da Luz" os tempos que estão por vir. A descoberta do cinturão de fótons marcou o início de uma expansão de consciência além da terceira dimensão. A 3ª dimensão, por ser experiencialmente dual, é totalmente emocional. A 4ª dimensão em relação à 3ª dimensão pode ser classificada como 20% de emoção. A ida do homem à Lua nos anos sessenta simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o cinturão.

A Hierarquia Espiritual revelou que 2003 foi o ano destinado à mudança de padrões de consciência em todo o planeta, um momento energeticamente planejado pelo plano espiritual. Em agosto de 2003, os Elohins ativaram a freqüência da 5ª dimensão nos chacras solares, e sopraram os 12 aspectos solares no eixo do planeta Terra e ativando o sistema de energia sintonizado no reino mineral, através dos cristais do planeta. Segundo Patrícia Diane Cota-Robles (USA) a coluna vertebral de todas as pessoas se elevou à quarta dimensão vibracional, através dos 7 chacras principais e dos meridianos correspondentes e a “Presença de DEUS”, existente em cada pessoa, tem integrado em cada órgão e célula novas freqüências de energia, alterando a dupla-hélice de DNA.

Desde então, muitas pessoas despertaram para a espiritualidade e começaram a viver de forma mais livre e feliz, sendo-lhes mais difícil afundar em seus pensamentos, emoções, atitudes e sentimentos NEGATIVOS, mantendo uma PAZ INTERNA e servindo como um portal aberto a novas freqüências de Luz que passaram a entrar na Terra. Passaram a expressar a Perfeição Divina e o Ilimitado.

 

Categoria: Cláudio Azevedo

Ítens Relacionados

Temos 82 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
9882496