Histu00f3ria do Instituto

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 
Dinâmica Energética do Psiquismo

 

"A Totalidade deve ser percebida e compreendida em primeiro lugar; só então as partes podem ser examinadas e formuladas em relação ao Todo. Sem a compreensão do Todo, concentrar-se meramente na parte gera mais confusão e miséria"

J. Krishnamurti


A Dinâmica Energética do Psiquismo (Escola DEP) se propõe a ser uma escola de Terapeutas: "aquele que cuida do Ser". Isto implica na responsabilidade de tornar consciente todos os atos de nossa vida.

É uma escola de "des-envolvimento" da consciência humana. Seu enfoque é transpessoal, isto é, o seu caminho busca o Ser Essencial, o que se tenta descrever desde o início da civilização de várias formas, mas que não pode ser descrito: "o Tao que pode ser descrito não é o verdadeiro Tao".

A civilização ocidental, nossa cultura, nos impregna, desde cedo, da noção de que somos alguma coisa: que somos um corpo, ou que somos o que sabemos (conjunto de crenças), ou que somos aquilo que possuímos (poder da posse ou da posição social), ou que somos o que fazemos (nossa profissão ou nossa atitude). Mas somos muita mais que isso. Quem somos então?

Quem sou eu? - perguntamos desde o início dos tempos. A pergunta contém a resposta: "Eu sou". Eu sou e ponto, sem qualificação, pois esta nos limita a alguma qualidade, e o que realmente somos não nos limita a isto ou aquilo, pois assim qualificados, ficamos aprisionados aos limites do campo de nossa mente e a mente é parte, não é o todo de nós.

Mestre Nisargadatta Maharaj nos ensina que:

"o homem não é um corpo, com cujo nome e forma se identifica, nem uma mente, que é essencialmente uma composição de várias imagens às quais a memória dá continuidade. O que ele é, seu Ser, não pode ser definido em termos positivos... É melhor definido em termos negativos: não é isso, não é aquilo, não é uma coisa. Pode ser vivenciado quando se vai além das palavras 'Eu sou' e se sustenta no sentimento 'Eu sou'... Embora tenhamos sido condicionados a acreditar que existimos no mundo, a verdade é justamente o oposto: o mundo existe no SER"

Mas ainda não é esta a realidade da grande maioria de nós. Estamos ainda identificados com a parte. Somos como a 'onda' que acredita estar separada do 'mar'. A ilusão da separatividade é compreensível e explicada de infinitas formas, mas podemos vivenciar a experiência da Totalidade, pois é isto que nos liberta da ilusão de Maya, da roda de samsara, como nos falam os orientais.

A Dinâmica Energética do Psiquismo nos ajuda a tomar consciência de cada uma das partes com as quais nos identificamos. Somos um conjunto de campos informativos multidimensionais que segue uma ordem holárquica (a hierarquia do holograma). Aprender a conhecer a linguagem de cada um desses campos é a chave para nos libertarmos de eventuais aprisionamentos. Se não conhecemos nosso corpo podemos ser escravizados por ele. O mesmo acontece com nossas emoções e nossa mente. Se não podemos observar cada um desses campos, como podemos transformar aquilo que nos apega e escraviza?

Fred A. Wolf nos lembra uma citação do grande alquimista Eliphas Levi: "a Grande Obra é, acima de todas as coisas, a criação do homem por ele mesmo, isto é, a plena e total conquista das suas faculdades e do seu futuro; é especialmente a perfeita emancipação da sua vontade..."

A Dinâmica Energética do Psiquismo oferece estas ferramentas para seus participantes e os acompanha no início de seu uso, para que cada um possa ir abrindo as portas criadas pelas limitações do ego e, assim, acessar sua verdadeira Essência. A Escola entende que o SER não evolui, pois Ele é o que é, porém o ego O envolve com os véus de Ísis, os véus da ilusão, das crenças, velando-O ao invés de revelá-Lo, no mundo material, bio-psíquico e sócio-cultural. Conhecendo estes véus, o participante pode fazer a escolha pela manifestação do SER em todos estes mundos.

As ferramentas da Escola foram desenvolvidas ao longo de sua história para acompanhar o aluno neste caminho de buscar estar centrado em seu Ser, pois é assim que compreendemos o 'ser terapeuta': aquele que está centrado no Ser e olha e atua em cada evento, a partir dessa possibilidade. Sendo assim, não importa a sua profissão, ele estará sendo Terapeuta. Não importa onde atue ou para quem olhe, seja um profissional de saúde, de educação, de administração, do meio-ambiente ou de qualquer outra área, o Terapeuta formado pela Dinâmica Energética do Psiquismo estará facilitando a percepção da presença do Ser, pois sabe que é Ele que faz o trabalho de cura, de desenvolvimento, de libertação.