Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Para enriquecer este trabalho, além da tradução do livro O Vôo da Serpente Emplumada, resolvi publicar textos e algumas fotos referentes a cultura Maya, para que saibam como viviam e um  pouco de seus costumes. Esse povo Místico, Extremamente Sábio, parece querer ensinar aos homens deste Katun, como chegar a Sabedoria.

É importante salientarmos que os historiadores não conheceram a Autêntica Civilização dos Mayas, refiro-me a Civilização Serpentina, ou aos que viveram em Mayab. Conheceram apenas uma civilização em declínio, já exposta e entregue aos Dzules do seu tempo,  portanto as informações históricas precisam ser compreendidas como apenas a visão que os historiadores tiveram, o que é diferente da realidade.

Os maias não chegaram a formar um império unificado. Existiram em diversos centros praticamente independentes (com alguns costumes em comum), cada um dos quais tendo o seu crescimento, apogeu e decadência. Isoladas e distantes da influência européia, as cidades maias cresceram e sua cultura teve um grande desenvolvimento. A decadência dos maias aconteceu por volta do século XIII, bem antes da invasão espanhola, que ocorreu no final do século XV. Dentre as culturas pré-colombianas, a dos maias foi a que mais se desenvolveu em vários campos: arte, educação, comércio, arquitetura, matemática e astronomia. Como curiosidades, confira o esporte nacional.

 

Categoria: Jane Eyre de Melo