Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Por Cláudio Azevedo

Extraído de Azevedo, Cláudio; A Caminho no Ser: Uma Visão Transpessoal

da Psicologia no Yoga S?tra de Pat?ñjal?, Editora Órion, Fortaleza, 2.007

Para melhor visualização faça o download das fontes usadas no site: tahoma, tahoma bold, sanskrit98, sanskrit2003

Tomando consciência do sutil em si mesmo

Depois de citar, na primeira parte de sua segunda seção, a importância do Yoga preliminar (kriy?-yoga?) YS II:1-2, da auto-observação (dhy?na) YS II:11 e da ponderação nos opostos (pratipak?a-bh?vana?) YS II:33-34, que faz surgir o desenvolvimento do discernimento (viveka) YS II:15, o Yoga S?tra, na segunda parte da mesma seção, trata dos cinco primeiros passos a serem seguidos na caminhada de encontro ao Eu. São ações (karmas), também de natureza preliminar, que visam continuar o preparo físico, emocional e mental do buscador (de seu ego autoconsciente – aha?k?ra) para esse encontro, e, por isso, elas são conhecidas como bahira?gayoga, ou práticas com objetos ‘externos’.

A Caminho no Ser

          O termo a?ga significa ‘membro’, no sentido de que essas práticas são membros de um só corpo, e que devem se desenvolver de forma conjunta e simultânea, embora Pat?ñjal? os apresente de uma forma seqüencial lógica e interconectada.
          As duas primeiras práticas ‘externas’, os yamas YS II:31 (auto-restrições) e niyamas YS II:32 (auto-observâncias), visam prover uma base ético-moral e incentivar práticas que levem à eliminação de todos os ativadores subliminares (sa?sk?ras) embutidos nas profundezas da psique. O objetivo é cessar por completo toda forma de medo (bhaya), raiva (krodha) e desejo (apegos e aversões) que acarretem modificações mentais e/ou emocionais (citta-v?tti-nirodha) YS I:2. É elevar nossa consciência dos desejos, medos (bhaya) e raivas (krodha) do ‘eu’ para a Realidade do ‘Eu’.

Bahira?gayoga

 Yamas Niyamas

Atitude passiva

Atitude ativa

Não-ação (proscrição)

Ação (prescrição)

Nossa atitude social

Nosso estilo de vida

Exercício em sociedade

Exercício individual

Necessário estar vivendo ‘no mundo’

Pode ser retirante (sa?ny?si)

Visa o não-meu

Visa fortificar o eu (ego)

 

No quadro acima vemos a importância da vida em sociedade como forma de evidenciar nossos condicionamentos mentais sutis e, principalmente, como forma de testar se, realmente, estamos nos entendendo melhor de fato. As três outras práticas ‘externas’ são ?sana, pr???y?ma e praty?h?ra:

 

Bahira?gayoga

?sana

Imobilidade

Pr???y?ma

Cessação da respiração

 Praty?h?ra

Cessação da atividade e percepção sensoriai

 

 

BIBLIOGRAFIA

  • As referências bibliográficas acham-se assim indicadas: xx:yy, onde ‘xx’ é o número da referência contido na BIBLIOGRAFIA (no final do livro) e ‘yy’ é a página onde se encontra.

  • Quando precedendo ‘xx’ estiver escrito YS, a obra referenciada é o Yoga S?tra de Pat?ñjal?, BG quando for Bhagavad G?t?, VC quando for o Viveka Ch?d?mani, TB quando for o Tattvabodha? e SS quando a obra referenciada for o ?iva S?tra (obra de referência no ?ivaísmo de Cachemira). Nesses casos ‘xx’ é o capítulo e ‘yy’ é o s?tra.

 

Categoria: A Caminho no Ser

Temos 68 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
9976068