Transpessoalidade

Psicologia

Avaliação do Usuário

Uma Tentativa de Aproximação


“É bastante provável que na história do pensamento humano os desenvolvimentos mais fecundos ocorram, não raro, naqueles pontos para onde convergem duas linhas diversas de pensamento”.

Werner Heisenberg

I - Introdução

Há cerca de 10 anos venho tendo, esporadicamente, acesso a algumas informações a respeito das mudanças provocadas pela teoria quântica. Como costuma acontecer com os iniciantes que entram em contato com o micromundo das partículas que compõem o átomo, achava curioso, estranho, esquisito e incompreensível.

Leia mais...

Psicologia

Avaliação do Usuário

"Se as pessoas, cuja instrução deixa a desejar, acharam que poderiam até hoje, zombar da Astrologia, considerando-a uma pseudo ciência há tempos liquidada, esta Astrologia, ressurgindo das profundezas da alma popular, novamente apresenta-se hoje, às portas de nossas universidades, que ela deixou há 3 séculos".
C.G.Jung

 

Em 1950 Carl Gustav Jung publica um ensaio chamado Sincronicidade: Um Princípio de Conexões Acausais. Nesse ensaio Jung evoca dois filósofos, a saber, Schopenhauer e Leibniz. O primeiro vale-se do conceito de prima causa para explicar a relação de simultaneidade significativa, de cuja expressão Jung cunha o termo sincronicidade. De Leibniz é a idéia de harmonia preestabelecida, assim comentada por Jung:

 

Leia mais...

Psicologia

Avaliação do Usuário

Questione e aguarde...

 

Toda vez que me vejo dentro de um processo mental que me faz sofrer, que seja de conflito, dúvidas, desconfianças, baixa auto-estima, etc; é sempre certo que por detrás há um sentimento de medo. Geralmente não é muito fácil identificar esta associação, pois nossa mente egótica mantêm-se por um complexo sistema de níveis de proteção que não nos deixa perceber a causa real do sofrimento, não nos deixa ver com clareza o que realmente motiva as emoções negativas de angústia, desespero e separação.

Leia mais...

Psicologia

Avaliação do Usuário

Publicado pelo caderno Equilíbrio, da Folha de S.Paulo 09/12/2004


"Eu sou assim/ Quem quiser gostar de mim/ Eu sou assim/ Meu mundo é hoje/ Não existe amanhã pra mim/ Eu sou assim/ Assim morrerei um dia." Paulinho da Viola, 62, intérprete dos versos de "Meu Mundo É Hoje", samba de Wilson e José Batista (1966), sofreu uma arritmia cardíaca no mês passado, que o levou ao hospital por uma crise de ansiedade. "Eu estava sem dormir direito. Dormi só duas horas e acordei cedo porque tinha um compromisso. No final do dia, estranhei o fato de não estar cansado. Minha respiração começou a ficar meio ofegante, estava sentindo uma enorme ansiedade", afirmou.

 

Leia mais...

Psicologia

Avaliação do Usuário

 Entrevista com Bill Moyers -  Trechos selecionados

Por que mitos? Por que nos importarmos com eles? O que eles têm a ver com nossas vidas?

 Um de nossos problemas, hoje em dia, é que não estamos familiarizados com a literatura do espírito. Estamos interessados nas notícias do dia e nos problemas práticos do momento. Antigamente, o campus de uma universidade era uma espécie de área hermeticamente fechada, onde as notícias do dia não se chocavam com a atenção que você era estimulado a ter em se dedicar à vida interior, no aprender, e onde não se misturava com a magnífica herança humana que recebemos de Platão, o Buda, Goethe e outros, que falam de valores eternos e que dão o real sentido à vida.  

Leia mais...

Psicologia