Avaliação do Usuário

EK Ong Kar

O Ser é uno com a sua Unicidade

Este curso de Formação de Instrutores é aberto a todos. Para aqueles que desejam se tornar profissionais como Instrutores e ensinar Yoga em qualquer país, fornece um CERTIFICADO INTERNACIONAL expedido pelo KRI, The Kundalini Research Institute (EUA).

Para aqueles que aspiram apenas aprofundar sua experiência com Yoga e Meditação, e mergulhar mais profundamente em seu crescimento pessoal, podem contar, além do apoio do grupo, com uma orientação de profissionais experientes que estudam, vivenciam e ensinam há muitas décadas o caminho do Kundalini Yoga.

Objetivos:

  • Formar instrutores capazes de ensinar o Kundalini Yoga de acordo com a Tradição Yoi Bhajan;
  • Desenvolver uma sólida compreensão da natureza fundamental e conceitos do Kundalini Yoga;
  • Possibilitar uma vivência de autotransformação através dos ensinamentos epráticas do Kundalini Yoga, para que o novo instrutor tenha como base sólida da sua formação profissional, o desenvolvimento da própria consciência;
  • Desenvolver uma cultura e estilo de vida saudáveis em harmonia com os objetivos essenciais do Yoga.

Leia mais...

Avaliação do Usuário

BRASÍLIA - Agrotóxicos que apresentam alto risco para a saúde da população são utilizados, no Brasil, sem levar em consideração a existência ou não de autorização do governo federal para o uso em alimentos. É o que apontam os novos dados do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para), divulgados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta quarta-feira, 23, em Brasília.

Em 15 das 20 culturas analisadas, foram identificados agrotóxicos ativos e prejudiciais à saúde humana. "Encontramos agrotóxicos, que estamos reavaliando, em culturas para os quais não estão autorizados, o que aumenta o risco tanto para a saúde dos trabalhadores rurais como para a dos consumidores", afirma o diretor da Anvisa, Dirceu Barbano.

Nessa situação, chama a atenção a grande quantidade de amostras de pepino e pimentão contaminadas com endossulfan; de cebola e cenoura com acefato; e de pimentão, tomate, alface e cebola com metamidofós. Além de serem proibidas em vários países do mundo, essas três substâncias já começaram a ser reavaliadas pela Anvisa e tiveram indicação de banimento do Brasil.

De acordo com o diretor da Anvisa, "são ingredientes ativos com elevado e comprovado grau de toxicidade e que causam problemas neurológicos, reprodutivos, de desregulação hormonal e até câncer". "Apesar de serem proibidos em vários locais do mundo, como União Europeia e Estados Unidos, há pressões do setor agrícola para manter esses três produtos no Brasil, mesmo após serem retirados de forma voluntária em outros países", pondera Barbano.

Leia mais...

Avaliação do Usuário

 “Mesmo o mais corajoso entre nós só raramente tem coragem para aquilo que ele realmente conhece”, observou Nietzsche. É o meu caso. Muitos pensamentos meus, eu guardei em segredo. Por medo. Albert Camus, leitor de Nietzsche, acrescentou um detalhe acerca da hora em que a coragem chega: “Só tardiamente ganhamos a coragem de assumir aquilo que sabemos”. Tardiamente. Na velhice. Como estou velho, ganhei coragem.

Vou dizer àquilo sobre o que me calei: “O povo unido jamais será vencido”, é disso que eu tenho medo

Em tempos passados evocava-se o nome de Deus foi exilado e o “povo” tomou o seu lugar: a democracia é o governo do povo... não sei se bom negócio; o fato é que a vontade do povo, além de não ser confiável, é de uma imensa mediocridade. Basta ver os programas de TV que o povo prefere.

Leia mais...

Avaliação do Usuário

Vale a crítica de Rubem Alves ao povo, através do artigo "Ganhei Coragem", mas não sejamos iludidos pela ideia de que o povo assimilava sem mais sem menos as práticas dos regimes autoritários. Diante deles, o povo agia com a consciência possível para poder sobreviver. A história mostra que no meio do povo sempre houve quem se insurgisse contra a opressão. E frente às tiranias católicas e protestantes da época do Renascimento não vamos imaginar que no meio do povo não tenha existido os gritos da indignação. Democracia tal qual entendemos hoje, com sufrágio universal, é algo muito recente na história. Então, só a partir de tempos muito recentes é que o povo tem maiores responsabilidades sobre os acontecimentos. Ainda assim, é bom que se entenda, que democracia representativa é uma grande camuflagem dos interesses da minoria que se impõe com sua ideologia. Dentro do processo histórico, o povo que gosta de pão, de circo, de churrasco e de música sertaneja, também pode desvendar alguma coisa que está por detrás da camuflagem. 

Leia mais...

Mais artigos...

  1. Vacina contra H1N1 afeta teste para Aids
  2. Lula Inaugura a Diplomacia da Nova Era
  3. Obstáculos do Caminho
  4. Admirável Gado Novo
  5. Dinheiro, Sexo e Poder