Artigos por Autor/Categoria

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

 

Tanira Lebedeff, correspondente da Globo News na Califórnia

Esta semana, o Cidades e Soluções mostra como a preocupação com o aquecimento global já está influenciando o mercado de trabalho em todo o mundo. São os empregos verdes, que surgiram na esteira do combate aos impactos negativos das mudanças climáticas. Nossa correspondente na Califórnia, Tanira Lebedeff, foi conhecer um dos pólos de formação destes profissionais, em Los Angeles, e conta o que viu.

Entusiasmo. Essa palavra que define bem o clima no Los Angeles Trade Tech College. A escola técnica é modelo nos Estados Unidos no treinamento para o que eles chamam aqui de green jobs – os empregos verdes, ligados à industria sustentável.

Los Angeles Trade Tech College

Lá conhecemos alunos de todas as idades, com diversas experiências profissionais. Gente que vem para se aperfeiçoar, gente que busca outra carreira. Tem o aluno que perdeu emprego numa revenda de carros e, hoje, aprende a instalar painéis de energia solar… Tem a mãe que quer ela mesma construir a casa das filhas.

Todos de olho na oportunidade de trabalhar na nova revolução industrial, em empresas que adotam práticas mais sustentáveis e usam combustíveis alternativos.

 

O setor de green jobs anda recebendo grandes investimentos da administração Obama. Um exemplo é a verba de cinco bilhões de dólares destinada a reformas que melhorem a eficiência energética de casas de baixa renda. Sem dúvida, promessa de muito trabalho para operários da construção civil, tão cambaleada pela crise. O presidente americano também quer carros mais eficientes circulando pelas ruas do país, forçando toda a indústria de automóveis a se renovar.

O programa de tecnologia automobilística da escola funciona como um laboratório de testes para novos carros híbridos, movidos a gás ou biodiesel. Os alunos vibram mostrando os “brinquedinhos” que recebem dos fabricantes. O programa é comandado pelo simpático professor Jess Guerra, que nos mostrou que o curso fabrica o próprio biodiesel, utilizando óleo que sobra do curso de culinária da escola. Todos aqui são bem conscientes do que estão testemunhando: um momento único, em que escola e indústria têm que desvendar juntos que caminho seguir. Tanto que o curriculo é tambem formulado a “quatro mãos”, num contato direto com futuros empregadores.

Mas, pelo que se vê, essa experiência tem dado muito certo. O Los Angeles Trade Tech College é parada obrigatória de políticos que visitam a cidade. Durante a nossa visita encontramos lá a Vice-Primeira Ministra da Austrália – um país que está sentindo as graves consequências do aquecimento global.

A aposta nos green jobs é tão grande que tem fila de espera para frequentar a escola. Assim que o mercado voltar a esquentar, torcem alunos e professores, essas turmas serão as primeiras a serem contratadas por empresas públicas e privadas, correndo para se adaptar aos novos tempos.

Categoria: Paz e Ecologia

Temos 66 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
9890645