Os Gregos - Os Ensinamentos de Heráclito

O PENSAMENTO DE HERÁCLITO

“A única coisa permanente é a própria mudança”.

Heráclito (540-480 a.C.)

 

Ridicularizou o panteão de deuses e os seus cultos. Afirmava que “tudo flui”, mas de uma forma cíclica, em uma constante mudança. Ninguém toma banho mais de uma vez num mesmo rio pois as pessoas e o rio mudam sem cessar. O cosmos é mudança e o Logos é o Supremo, livre de mudanças, essência racional do cosmos que guia “a marcha e a ordem dos acontecimentos”.

Comparava essa ordem do mundo com o fogo, “eternamente vivo, acendendo-se em medidas e extinguindo-se em medidas”, o qual seria a substância fundamental, o princípio único (arkhé) de que todas as coisas são feitas. O fogo, como elemento divino, é capaz de criar, destruir e transformar.

Dizia que os opostos estavam unidos e eram apenas pólos de uma mesma coisa, e essa oposição seria a própria força criadora do Logos. Dessa forma seriam conceitos meramente relativos, semelhante aos quarto e quinto Princípios Herméticos do antigo Egito.

Todas as coisas constituem o Um, que se desdobra no múltiplo, para mais uma vez se reduzir à Unidade. Foi o primeiro filósofo a ver o mundo com uma visão dialética.

Categoria: Órion Volume 1

Temos 41 visitantes e Nenhum membro online

Informações do Portal

Visitantes
819
Artigos
1368
Weblinks
27
Ver quantos acessos teve os artigos
11508454